Pense Bem é relançado no Brasil após quase 30 anos

Se você foi criança nos anos 1980 e no início dos anos 1990, é provável que tenha tido algum contado com o Pense Bem. O brinquedo, lançado no Brasil pela TecToy, era uma versão licenciada de um produto chamado Smart Start, criado pela empresa honconguesa Vtech. Com um formato que lembrava um computador, ele foi a introdução à tecnologia para muitas crianças hoje na casa dos 30 anos. E agora ele está de volta.

Sim, a TecToy decidiu relançar o Pense Bem em 2017, celebrando duas marcas históricas: o aniversário de 30 anos da empresa e da chegada do aparelho às lojas brasileiras, o que aconteceu em 1988.

O novo Pense Bem não traz nenhuma revolução em comparação ao modelo que era vendido há 30 anos. Ele continua trazendo desafios embutidos na memória, entre os quais estão as perguntas e respostas, apresentadas por um caderno impresso, com temas variados. Quando tive meu Pense Bem, eu tinha um caderno de perguntas e respostas sobre o piloto Ayrton Senna.

Curiosamente, se no final dos anos 1980 e início dos anos 1990 o Pense Bem foi o primeiro gostinho de tecnologia que muitas crianças tiveram, hoje, com smartphones e tablets tão presentes na vida dos jovens, sua proposta é diferente. “A vida digital hoje é uma realidade, e o Pense Bem é uma alternativa inteligente de diversão e aprendizado fora do mundo virtual”, explica Tomás Diettrich, presidente da TecToy, no comunicado divulgado à imprensa.

O novo Pense Bem entra em fase de pré-venda nesta terça-feira, 15, pelo preço de R$ 270, no site oficial da empresa. Quando o produto chegar às lojas, o que está previsto para acontecer ainda em setembro, o preço subirá para R$ 300.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ