Pesquisa: fim da Lei do Bem faz preço de eletrônicos aumentar em 13%

Uma pesquisa realizada pelo comparador de preços Zoom mostra que o preço dos produtos eletrônicos aumentou 13% desde que a Lei do Bem, que previa isenção de impostos para alguns aparelhos, chegou ao fim. De acordo com o site, os notebooks foram os dispositivos que mais sofreram elevação nos preços, custando até 20% mais do que antes. Em seguida aparecem os tablets, que tiveram aumento de 11% e os smartphones, que estão, em média, 8% mais caros.

“Para quem deseja comprar um novo celular, essa é uma boa hora, já que a maioria dos produtos não está sofrendo aumentos expressivos após o fim da isenção de impostos. Entre os modelos mais populares há casos isolados que aumentaram muito o preço, portanto é essencial pesquisar bastante”, aconselha Thiago Flores, diretor executivo do Zoom.

O estudo monitorou os 10 produtos mais buscados nas categorias smartphones, tablets, notebooks e desktops, ao longo do mês de janeiro.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ