Pesquisa: uso excessivo de smartphone pode deixar crianças vesgas

Pesquisadores da Coreia do Sul descobriram que o uso excessivo de smartphones por crianças pode aumentar seu risco de desenvolver estrabismo convergente temporário - ou seja, ficarem vesgas.

A pesquisa examinou 12 crianças, com idades entre 7 e 16 anos, que apresentavam o problema e usavam os smartphones de 4 a 8 horas por dia. A proximidade também pode ser um fator contribuinde: durante o uso, o dispositivo estava a uma distância de entre 20 a 30 centímetros do rosto.

Descontinuando o uso do celular, 9 das 12 crianças melhorou e não apresentou mais sintomas. Os pesquisadores afirmam que, recentemente, o número de pacientes com a doença cresceu na Coreia. Eles indicam que o tempo máximo gasto olhando para a tela do smartphone seja de 30 minutos, para evitar problemas.

 

Via DailyMail

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ