Pesquisador desenvolve supercomputador de baixo custo

Com desempenho de 26 Gflops, máquina custa apenas US$ 2.500

Joel Adams e Tim Brown, professor e aluno de ciência da computação no Calvin College em Grand Rapids, Michigan, EUA, desenvolveram um supercomputador poderoso o suficiente para uso prático em pesquisas, e barato o suficiente para que possa ser construído por qualquer um. O Microwulf (uma brincadeira com Beowulf, nome dado a uma categoria de clusters de computadores) é um cluster de quatro PCs, cada um equipado com um processador dual-core (Athlon 64 X2 3800+) e 2 GB de RAM. As máquinas são interligadas com interfaces de rede Gigabit Ethernet, bastante baratas, e compartilham um único disco rígido de 250 GB, que contém o sistema operacional (Ubuntu Linux) e programas, resultando em um computador com oito núcleos e 8 GB de RAM. O custo de todo o hardware é de apenas US$ 2.500, o software é gratuito. Usando o High Performance Linpack, o benchmark padrão de desempenho para supercomputadores, o Microwulf atingiu a marca de 26 Gigaflops, ou 26 bilhões de operações em ponto flutuante por segundo. O número, por si só, não é nenhum recorde, até levarmos em conta a relação preço/desempenho, de US$ 94,10 por Gigaflop, o que o torna a máquina mais barata para computação científica com dupla precisão no mercado.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ