Pesquisadores criam microchip com 1.000 processadores

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Davis criaram um microchip com nada menos que 1.000 processadores, cada um capaz de rodar de forma independente.

A criação foi batizada de KiloCore e, segundo explica o The Next Web, ela é capaz de processar 1,78 trilhão de instruções por segundo.

A IBM fabricou o microchip usando um processador CMOS de 32 nanômetros que é mais antigo que o usado nos chips modernos. Os pesquisadores dizem que ele executa instruções de forma mais de 100 vezes melhor que processadores que equipam laptops atuais.

Tem mais: como cada processador roda independentemente e desliga sozinho quando está sem uso, o KiloCore é tão eficiente que pode ser energizado por uma única pilha AA.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ