Pesquisadores encontram repositório com milhões de senhas de e-mails roubadas

Alex Holden, fundador e presidente da empresa de pesquisa em segurança online Hold Security, revelou nesta semana à agência Reuters a descoberta de um repositório com mais de 272 milhões de senhas de e-mails roubadas. Entre as credenciais, há contas do Gmail, Yahoo, Hotmail e outros provedores.

De acordo com o pesquisador, as senhas são trocadas e vendidas a preço baixo na deep web. Esse repositório em particular foi encontrado em um fórum oculto e mantido por um usuário localizado na Rússia. O hacker em questão não pedia mais do que 50 rublos - equivalente a pouco mais de R$ 2 - pelo acesso.

O "banco" de senhas roubadas contém 1,17 bilhão de registros. Descontando os e-mails repetidos, resta um total de 272,3 milhões de senhas roubadas. Dessas, 40 milhões são do Yahoo; 33 milhões são do Hotmail, da Microsoft; e quase 24 milhões são do Gmail, do Google. O restante divide-se entre provedores menores ou mais populares apenas na Rússia.

A Microsoft disse, em nota, que oferece diversas ferramentas para garantir a segurança e a identidade real do usuário, assim como recursos para que o dono da conta possa recuperar o acesso em caso de dados roubados. Yahoo e Google, porém, não quiseram comentar o caso publicamente.

Via Huffington Post

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ