Pesquisadores usam laser de raios X para provocar explosões em líquidos

Pesquisadores do laboratório SLAC National Accelerator Laboratory da Universidade de Stanford usaram um feixe concentrado de raios X para induzir explosões em diversos líquidos. O objetivo do estudo era analisar o impacto dos raios nos líquidos estudados.

Com essa finalidade, os cientistas usaram o laser mais potente do mundo, chamado de LCLS (Linacs Coherent Light Source). Eles utilizaram também um microscópio de alta resolução e um laser óptico ultrarrápido para conseguir capturar imagens das explosões.

A equipe fez uma imagem para cada pulso de raio X que impactou o líquido, e as imagens variam de cinco bilionésimos de segundo após a incidência do pulso a 0,0001 segundos após o pulso. Centenas dessas imagens foram então juntadas em filmes que ilustram as explosões, como o que pode ser visto abaixo:

A pesquisa permitiu que os cientistas criassem modelos matemáticos para explicar como os líquidos se comportam ao ser impactados pelos raios. Essa descrição, por sua vez, pode levar a experiências ainda mais avançadas com raios X, que poderão trazer conhecimento sobre o comportamento dos líquidos em escalas de tempo ainda menores.

Esse estudo também permite que os pesquisadores busquem novas maneiras de utilizar esse tipo de reação emm soluções líquidas. Os resultados da pesquisa foram publicados no periódico acadêmico Nature Physics, e mais vídeos das explosões podem ser vistos abaixo:

Celular, fone de ouvido, notebook. A BlackFriday está recheada de ofertas, mas nem todas são vantajosas. Com a nova extensão do Olhar Digital, você encontra o menor preço e também cupons de descontos. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ