PMEs têm dificuldades para se manter protegidas

Falta de orçamento é o principal obstáculo diz estudo da Symantec

Cerca de 80% das pequenas e médias empresas (PMEs) da América Latina têm dificuldades para se manter protegidas contra crimes digitais. A principal barreira é o orçamento curto para investimento em novas tecnologias de segurança e em sistemas de backup. A revelação vem de um estudo realizado pela Symantec com profissionais na região. Embora a maioria das entrevistadas tenha afirmado estar preparadas para lidar com ameaças na internet, essas empresas enfrentam obstáculos para implantar soluções abrangentes que protejam seus ativos. Além da falta de recursos para novos investimentos, elas alegaram a falta de capacidade de oferecer treinamento adicional aos funcionários. O estudo da Symantec também mostrou que os responsáveis pelas áreas de TI das PMEs estão conscientes da importância de proteger a informação: Brasil (100%) e México (82%) estão em primeiro, seguidos pela Colômbia (76%), Argentina (71%) e Chile (62%).

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ