Portabilidade beneficia só metade dos brasileiros

Benefício é apenas para os que moram em cidades com mais de 2 operadoras fixas

Daqui a 18 meses usuários de telefonia passam a desfrutar no Brasil dos benefícios da portabilidade numérica, conforme regulamento da Anatel publicado ontem, dia 21/03, no Diário Oficial da União. No entanto, nem todos brasileiros terão esse direito. Segundo a Anatel, somente 52% da população do País, ou 97 milhões de brasileiros, poderão mudar de operadora e levar o seu número de telefone. Isso porque somente 260 municípios têm mais de uma prestadora de telefonia fixa em operação, o que deixa os assinantes locais sem opção de escolha. À medida que mais cidades dispuserem de duas prestadoras, os 48% restantes da população usuária do serviço fixo terão acesso ao benefício. A existência de mais de uma prestadora local é a condição inicial para a oferta da portabilidade numérica na telefonia fixa. Na telefonia móvel, a oferta da portabilidade será feita considerando a Área de Registro (que corresponde ao DDD, como 11, 31, 61). Nesse caso, as 66 áreas de registro do Serviço Móvel Pessoal (SMP) possuem mais de uma prestadora de telefonia celular.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ