Presidente da Telefônica Brasil renuncia ao cargo

Amos Genish, presidente-executivo da Telefônica Brasil, renunciou ao cargo na última sexta-feira, 7, de acordo com uma nota oficial enviada pela empresa nesta segunda-feira, 10.

Genish ocupava a posição desde março de 2015 e será substituído a partir de 1º de janeiro de 2017 por Eduardo Navarro de Carvalho, que atualmente trabalha como presidente do conselho da empresa.

"Após concluir com sucesso esta fase inicial de transformação e integração, Amos Genish tomou a decisão de deixar a empresa até o final de 2016 por razões pessoais. Até lá, ele irá colaborar com Eduardo Navarro e a equipe de gestão para assegurar uma transição harmoniosa e produtiva para o Grupo no Brasil", explica a empresa em um comunicado.

Polêmico

No ano passado, Genish acusou o WhatsApp de ser um aplicativo pirata e chegou a criticar a Anatel por seu posicionamento em relação ao aplicativo. A Anatel precisa sair da zona de conforto: ela disse que não quer atrapalhar inovações, solta frases clichês e não mergulha profundo no debate técnico e jurídico", declarou.

Genish permanece no cargo até 31 de dezembro deste ano.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ