Processo acusa a Apple de 'quebrar' o FaceTime de propósito

A Apple está sendo acusada de obrigar os usuários a atualizarem o sistema operacional de seus celulares ao impedir que eles usem o FaceTime. De acordo com o site Ubergizmo, um processo movido contra a empresa alega que ela "quebrou" de propósito o aplicativo no iOS 6, forçando os usuários a atualizarem seus dispositivos.

A Apple teria "fingido" um bug para não ter que hospedar seus dados em servidores de outras empresas, como a Akamai, e economizar US$ 50 milhões em taxas. No iOS 7, a empresa usou sua própria tecnologia para não depender mais de terceiros para realizar o serviço.

O processo, movido pelas empresas que costumavam prestar o serviço, afirma que a empresa agiu ilegalmente e a acusa de concorrência desleal.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ