Quase 15% dos usuários do Twitter são na verdade robôs, diz estudo

Um levantamento da Universidade do Sul da Califórnia publicado nesta semana indica a "densidade demográfica" da população de bots no Twitter. De acordo com o estudo, entre 9% e 15% de todos os usuários da rede social são, na verdade, robôs.

Robôs de Twitter são perfis gerenciados por programas de computador. Trata-se, normalmente, de perfis com fotos e nomes genéricos, capazes de curtir, retweetar e seguir perfis reais apenas para compartilhar spam. Alguns são feitos apenas para apoiar partidos e candidatos políticos e outros para espalhar propaganda terrorista e até vírus.

Por outro lado, há também os bots "do bem", usados para identificar perfis criminosos, avisar sobre acidentes de trânsito, desastres naturais e até por divulgar produtos em promoção. Esses, segundo o próprio Twitter, são os robôs que mais fazem bem à rede social.

Atualmente, o Twitter tem 319 milhões de usuários mensais ativos, dos quais até 48 milhões podem ser robôs, segundo os estudos da universidade norte-americana. A rede social disse, por meio de um porta-voz, que reconhece a existência dos bots, mas não confirmou os números divulgados.

Via CBS





RECOMENDADO PARA VOCÊ