Queda da bitcoin obriga corretoras a suspender compra e venda de criptomoedas

A queda acentuada no valor da bitcoin e outras criptomoedas nesta sexta-feira, 22, obrigou diversas corretoras a suspender a compra e venda dos valores virtuais por tempo indeterminado. Coinbase, a maior corretora de bitcoin do mundo, foi uma delas.

No Brasil, a queda no valor da moeda digital chegou a ser de mais de 50%, da noite para o dia, conforme apurou o Tecnoblog. Por aqui, as corretoras Foxbit e Mercado Bitcoin também suspenderam as negociações para impedir que os preços caiam mais ainda.

A queda foi global e atingiu todas as principais criptomoedas do mercado, incluindo ethereum, litecoin e muitas outras. Num ano em que a bitcoin, sozinha, cresceu mais de 1.300% em relação ao dólar, a queda de quase 30% em 24 horas tem sido encarada com preocupação.

Ainda não se sabe o que tem feito o valor das moedas virtuais despencar tanto em tão pouco tempo. Este pode ser "o estouro da bolha", como previam alguns especialistas, ou apenas um breve movimento de correção.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ