DeepFace, reconhecimento facial

Reconhecimento facial do Facebook está quase tão bom quanto o humano

Leonardo Pereira 18/03/2014 13h08
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O sistema de reconhecimento facial do Facebook está quase tão bom quanto o do ser humano. Se uma pessoa consegue acertar em 97,53% das vezes quando tem de identificar um desconhecido em duas fotos diferentes, a rede social chega a 97,25%.

Isso graças a um novo software chamado DeepFace, que alcança tais resultados independentemente das variações de iluminação, não importando se a pessoa estiver de frente ou de lado nas fotos.

Para isso, o DeepFace faz um processamento em duas etapas: primeiro corrige o ângulo para que o rosto fique virado para frente, usando uma média tridimensional para isso. Então o software simula uma rede neural aplicando uma descrição numérica à face; se perceber que essa descrição é muito parecida em duas imagens diferentes, ele entende que são da mesma pessoa.

São nove camadas de neurônios simulados, com mais de 120 milhões de camadas entre eles, para fazer esse trabalho. O programa anterior já era bom, mas o novo apresenta uma melhoria de 1/4 em relação ao antigo, de acordo com a revista eletrônica do MIT. Ele executa verificação facial (reconhecendo que duas imagens mostram a mesma pessoa), e não reconhecimento facial (dando um nome ao rosto).

Por ora, trata-se apenas de um projeto de pesquisa, mas a equipe por trás disso fará uma apresentação durante uma conferência em junho.

Facebook Ciência
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você