Reconhecimento facial encontra filho perdido 27 anos depois de ele ser raptado

A tecnologia de reconhecimento facial ajudou um casal a encontrar seu filho sequestrado há 27 anos. Tudo começou quando o jovem Fu Gui, achando estranho que sua família só tinha fotos suas a partir dos 10 anos, decidiu entrar em um site chamado "Baobeihujia", voltado para o reencontro entre pais e filhos separados. Seus pais biológicos também se inscreveram no serviço, para procurá-lo.

O Baobeihuijia foi criado para reunir famílias separadas por sequestros ou raptos de crianças. O trabalho sempre foi feito por voluntários humanos mas, recentemente, a Baidu ofereceu seu software de reconhecimento facial para ajudar no projeto e, desde então, ajudou algumas famílias a se reunirem.

O reconhecimento facial compara as imagens atuais com as do passado, encontrando possíveis "filhos". Segundo a empresa, a precisão é de 99,77%, o que significa que ela funciona mais rápido e com mais sucesso do que os humanos. Com Gui foi assim e, depois de realizarem um exame de DNA, os pais puderam reencontrar seu filho.

[Engadget]

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ