monitor Samsung C27F591

Review: monitor Samsung C27F591 é ótimo para produtividade

Rene Ribeiro, editado por Valdir Ribeiro Jr. 07/05/2019 11h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Com 27 polegadas e curvatura suficiente para dar mais conforto na visualização, este monitor é ideal para multitarefa, sem ocupar muito espaço na mesa.

Monitores curvos são a última tendência no mundo dos periféricos de mesa. Embora o benefício seja sutil em telas pequenas, começamos a perceber vantagem em telas grandes, já que a experiência de imersão fica realmente otimizada.


E esse é caso do monitor Samsung C27F591, cuja curvatura é maior do que o padrão encontrado no mercado, com raio de 2400 mm. Logo, confira abaixo o nosso review do produto e veja se ele se encaixa no que você precisa:

Samsung monitor C27F591: design e acabamento

Esse monitor tem visual elegante pela sua curvatura que, por si só, já chama a atenção. Além disso, suas bordas são finas, deixando muita área útil para a tela e então mostrando somente o que interessa. A parte de trás é feita em plástico bastante resistente, totalmente liso e na cor branco brilhante.

Reprodução

A curvatura tem 1800 milímetros de raio. Isso significa que as bordas laterais avançam para frente cerca de 4 centímetros em relação ao centro do monitor. Essa tendência dos monitores curvos é interessante porque a visualização dos caracteres que ficam nas extremidades da tela acaba ficando mais confortável aos olhos. A curvatura também dá uma imersão melhor em imagens e jogos

Reprodução

Os conectores ficam todos na parte de trás, em local de fácil acesso para instalar os cabos. A haste da base tem um gancho discreto que serve para organizar os fios, algo que é muito bem vindo para os fios não ficarem bagunçados ou pendurados de qualquer jeito.

Reprodução

Monitor Samsung C27F591: design clean e conectores em posições confortáveis de manusear. Mas a base não permite ajuste de altura; somente inclinação da tela.

Ainda na parte de trás, no canto inferior direito, está o botão para acionar o menu de configurações. É o tradicional botão da Samsung que funciona como um pequeno joystick, eficiente para navegar entre as funções do menu.

A parte frontal é livre de botões, o que ajuda na aparência limpa e elegante.Mas a base tem uma desvantagem séria: você pode ajustar a inclinação, mas não a altura. A borda inferior da tela, portanto, sempre paira um pouco abaixo de onze centímetros acima da borda da mesa. E mesmo a rotação (esquerda e direita) da tela não é suportada. Se quisermos girar o monitor, teremos que fazer isso girando a base, ou seja, temos que mover o conjunto todo.

Samsung monitor C27F591: Conexões

Além de uma porta DisplayPort e uma porta HDMI, a Samsung também usa uma interface VGA clássica. Além disso, há uma saída P2 para fone de ouvido e uma saída para áudio. Mais um conector proprietário é utilizado para a fonte de alimentação, pois este monitor não possui uma fonte de alimentação integrada.

Reprodução

A escolha de deixar os conectores na posição horizontal é bem vinda, pois facilita bastante identificar e instalar os cabos. A haste possui um gancho que serve para organizar e prender os cabos.

Samsung monitor C27F591: qualidade de imagem e desempenho

O painel LCD desse monitor utiliza a tecnologia LCD VA e resolução full HD (1920 x 1080 pixels). A sigla significa Vertically Aligned e, diferente da tradicional tecnologia IPS,  os cristais estão alinhados na vertical em vez da horizontal.

Para resumir, essa técnica de construção do painel LCD oferece melhor contraste, com cores mais vivas. O alinhamento vertical também favorece o ângulo de visão, não distorcendo nada quando olhamos abaixo ou acima.

Reprodução

Monitor Samsung C27F591: cores bem definidas e contraste profundo

Mas, sinceramente, na prática, um LCD IPS ou VA percebe-se pouca diferença. A não ser que você seja um gamer aficionado, com exigência em detalhes, então vai preferir um painel LCD VA pela profundidade de cores e melhor tempo de resposta (pouca coisa também em relação ao LCD IPS).

O que notei na qualidade de imagem do C27F591 foi justamente um melhor contraste e cores bem definidas. O tempo de resposta de 4 ms (milissegundos) não é nada de mais, para quem joga, talvez prefira outro monitor da Samsung, o modelo 24CFG73, com tempo de resposta de 1 ms, o que ajuda a formar imagens em movimento mais rapidamente, sem causar flicker, um efeito indesejado que rasga as imagens em movimento.

Reprodução

Apesar de ser possível jogar no C27F591, existem monitores melhores para games

Outra boa opção para jogos é o monitor Acer Predator X34. Apesar do tempo de resposta de 4 ms, a taxa de frequência é de 100 Hz, em vez dos tradicionais 60 Hz. Isso também ajuda muito a não ter o indesejado flicker.

Enfim, apesar de eu gostar de jogos, eu achei mais interessante usar o monitor C27F591 para produtividade. A tela de 27 polegadas é grande o suficiente para deixar duas aplicações uma ao lado da outra e trabalhar com conforto como se fossem dois monitores com proporção de 4:3.

Reprodução

A tela de 27 polegadas tem ótinmo espaço para produtividade. A curvatura é interessante para um foco melhor no conteúdo

A superfície é anti-reflexiva. Isso ajuda com locais de instalação não ideais, perto da janela ou com luzes direcionadas na mesa, por exemplo. O nível de brilho é alto, mas, melhor do que isso, é possível ajustar no menu para o nível mais confortável para você. Além disso o modo Samsung Magic Bright tem 4 presets que ajudam a escolher a melhor relação entre brilho e contraste. Isso funcionou muito bem para mim.

No menu, você tem acesso a vários modos de imagem, incluindo um modo de proteção ocular, recomendado a trabalhos de escritório. Este modo usa tons mais quentes e, portanto, mais agradável aos olhos. Quando a sala está toda escura somente com o brilho do monitor, esta opção ajudou muito a não cansar os olhos.

Samsung monitor C27F591: qualidade do áudio

Esse monitor vem com dois alto-falantes de 5 watts (reais) cada um. Não são extraordinários, mas oferecem um bom som. O volume é alto o suficiente para escutar perfeitamente em uma sala. Não há distorções no volume máximo, mas também não há graves acentuados. A separação de tons médios foi o máximo que deu para notar.

Enfim, se você vai usar esse monitor para jogos ou ouvir músicas,melhor pensar em um fone de ouvido de seu gosto. Mas achei positivo ter alto-falantes, pois oferecem possibilidade de escutar áudio livre de fios e ter mais liberdade de andar pela sala enquanto escutamos alguma mensagem ou música.

Samsung monitor C27F591: AMD FreeSync

Vale comentar sobre o recurso FreeSync. Caso a taxa de FPS (frames por segundo) caia abaixo de 70 fps durante uma partida, essa tecnologia entra em ação e faz com que a taxa de atualização da tela duplique ou triplique a taxa de quadros sincronizando com a frequência do chip gráfico. E isso compensa o FPS mais baixo, mantendo a fluidez da jogabilidade, pois elimina a maioria das quebras de imagem em cenas de ação intensa e “engasgadas” no jogo.

Quando essa tecnologia surgiu, há cerca de 3 anos, ela só funcionava com placas de vídeo AMD. Recentemente, a Nvidia implementou essa tecnologia na atualização de seu novo driver para chips gráficos da família GTX, que é o chip usado em computadores gamers.

Samsung monitor C27F591: conclusão

Esse monitor apresenta uma tela grande de 27 polegadas, muito interessante para produtividade. Abrir dois aplicativos um ao lado do outro como se tivéssemos dois monitores é uma opção que economiza tempo de trabalho, pois agiliza a tarefa tanto na operação dos aplicativos quanto no conforto de operar dessa forma.

A tela curva ajuda em monitores grandes como esse, já que as laterais da tela são projetadas 4 cm a frente em relação a parte central. E isso ajuda a não ter termos que movimentar a cabeça para olhar os cantos da tela (quem tem monitor grande plano, entende isso). A qualidade da imagem é ok, o painel de LED VA não é tão diferente do IPS, apenas oferecendo tons de preto mais intensos, porém, a diferença não é tão grande.

O menu tem 4 opções para de preset para ajuste de cores, brilho e constraste, assim como opção personalizar, para ajustes de acordo com o gosto do usuário. A qualidade do áudio também é ok, não distorce no volume máximo, mas não tem graves reforçados. Nada impede de usa-lo para jogos, mas gamers mais exigentes vão preferir outras opções, conforme listado acima no review. Quanto ao preço, a média encontrada nas lojas online foi de R$ 1.100. Pode ser caro, mas está na média de monitores curvos e com acabamento prime.

Samsung monitor C27F591: especificações completas

  • Tamanho da tela: 27 polegadas

  • Resolução: 1.920 x 1.080 pixels

  • Brilho: 250 cdm² -  candelas por metro quadrado

  • tecnologia do Painel: VA

  • Contraste (estático): 3.000: 1

  • Tempo de reação: 4 ms

  • Ângulo de visão: 178 graus

  • Conexões: Áudio (P2), HDMI, VGA, DisplayPort

  • Peso: 4,4 kg

  • Dimensões (com base e haste): 61.42 x 45.73 x 27.04 cm (AxLxP)

  • Consumo: 36 watts (média) e 45 watts (máximo)

  • Cores disponíveis no case: Branco / Prata

  • Incluso na caixa: adaptador de energia, guia de início rápido, cabo HDMI

  • Recursos especiais: Curvo (1.800R), AMD FreeSync

Ficou interessado no produto? O aparelho avaliado nesse texto pode ser comprado na loja virtual do Olhar Digital, desenvolvida em parceria com o Magazine Luiza. Embora o Olhar Digital possa receber uma comissão nas vendas da loja virtual, a parceria com o Magazine Luiza não tem influência alguma sobre o conteúdo editorial publicado. Além disso, a disponibilidade do produto e o preço cobrado são de responsabilidade do Magazine Luiza.

Monitores Samsung review Tela curva monitor de vídeo
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você