Robô alemão ganha inteligência artificial capaz de construir casas em Marte

O sonho de povoar Marte habita a mente humana há tempos, mas sempre esbarrou nas dificuldades de se montar as primeiras colônias no planeta vermelho. No entanto, agência espacial da Alemanha, a DLR, pode ter encontrado uma solução: Justin, um robô autônomo capaz de iniciar a construção das primeiras unidades habitacionais fora da Terra. Feito para resolver tarefas de alta complexidade, a máquina pode agora pode tomar decisões por conta própria.

Com formato humanoide, Justin já é um projeto antigo no país europeu. Por anos, os cientistas desenvolveram a capacidade do robô de manusear ferramentas, fotografar, superar barreiras no caminho e até pegar objetos voadores. Agora, uma atualização da sua inteligência artificial que permitiu que a máquina “pensasse” de forma autônoma, dispensando uma programação prévia do que deveria ser feito em Marte.

Em testes recentes, Justin foi capaz de consertar um painel solar de um laboratório localizado em Munique, Alemanha. De acordo com a publicação da Wired, o robô usará reconhecimento de objetos e computação visual para tarefas como limpeza e manutenção de maquinário, inspeção de equipamentos e transporte de objeto. Durante as tarefas, a máquina pode ser inspecionada a distância por um astronauta

ReproduçãoDemonstrado pela primeira vem em 2006, o Justin tem 1,92 metro de altura e peso de cerca de 200 KG, podendo levantar até 15 Kg em cada braço. O robô conta ainda com duas câmeras de alta definição e sensores na cabeça para gerar imagens em 3D do ambiente. Além disso, ele é capaz de continuar suas tarefas e guardar informações ainda que a comunicação com a terra acabe.

 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ