Vivo

Roteadores da Vivo apresentam vulnerabilidade que pode comprometer a rede

Redação Olhar Digital 15/03/2019 16h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A falha atinge usuários que não trocaram a senha de rede ao receber o roteador da empresa. Ao que se sabe, cinco modelos foram afetados

Após descobrir uma falha em cinco modelos de roteadores, a Vivo tem instruído os usuários a mudarem a senha de suas redes sem fio caso ainda não o tenham feito. A falha foi noticiada pelo site Canaltech depois que um leitor especialista em redes informou a descoberta.


O defeito explora um recurso bastante comum dos roteadores: a senha. Quando o consumidor solicita a instalação do servidor de internet fixa da Vivo, ele recebe uma senha, aparentemente aleatória, para acessar a rede. Entretanto, observou-se que, além de não ser aleatória, ela é bem fácil de ser descoberta por quem tem bom conhecimento de computadores.

A senha é composta por dez dígitos. Desses, seis são os componentes centrais do endereço MAC (usado por todo aparelho para identificá-lo na rede) e os outros quatro são os números que compõem seu nome. Assim, um dispositivo com o MAC 1Q:2W:3E:4R:5T e o nome de rede Vivo-1234 teria a senha 2W3E4R1234. À primeira vista, ela parece ser forte, mas usuários com conhecimento de rede podem descobri-la facilmente — o que facilitaria o acesso remoto à rede do usuário.

Em comunicado, a Vivo confirmou que o problema existe e orientou que os consumidores mudem a senha de suas redes o quanto antes. A empresa informa, ainda, que os modelos afetados pelo erro são:

  • Mitrastar DSL-2401HN-T1C-NV
  • Askey RTA9227W-D112
  • Askey RTV9015VW
  • Coletek W-M1120BK
  • Datacom RTA9211W-D112

A marca e o modelo do aparelho podem ser verificados na parte inferior do roteador. Além disso, a Vivo indica que o usuário confira no site como fazer as configurações de segurança necessárias.

Via: Canaltech

Internet Vivo
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você