Samsung é acusada de manipular testes de economia de energia nas TVs

Depois da revelação de que a fabricante de veículos Volkswagen teria adulterado um software que mede as emissões de poluentes, mais casos envolvendo grandes empresas começam a aparecer. A Samsung pode ter alterado o resultado testes que mostram a eficiência energética de suas TVs. Experiências realizadas por laboratórios independentes na Europa obtiveram um valor bem distante do apresentado pela coreana. 

Os dados indicam que a coreana teria instalado um sistema que adapta a energia consumida pelos dispositivos quando eles estão sendo testados, o que significa que os resultados podem ter sido manipulado.
Segundo a fabricante, o recurso, chamado de Motion Lighting, a ferramenta reduz as definições de luminosidade em condições específicas, o que ajuda a reduzir o consumo de energia."Esta não é uma funcionalidade se ativa somente durante os testes. Pelo contrário, esta é uma característica que reduz a energia sempre que é detectado um vídeo em movimento".

Em testes reais, a ComplianTV afirma que não registrou nenhuma redução no consumo de energia. Em fevereiro, quando foram realizadas as experiências, o grupo chegou a declarar que tinha descoberto um mecanismo que parecia saber que estava sendo testado, modificando os resultados, mas não chegou a citar a Samsung.

A Comissão Europeia afirmou que vai investigar o caso e tornar os termos da regulamentação de eficiência energética mais rígidos.

Via TheGuardian

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ