Samsung interrompe atualizações de segurança para Galaxy A3, J1 e J3 de 2016

A Samsung vai parar de atualizar Galaxy J1 (2016), J3 (2016) e A3 (2016) definitivamente. A empresa sul-coreana removeu os dispositivos da lista de celulares da marca que recebem updates de segurança. Isso significa que o trio de smartphones permanecerá na versão atual do Android e não terá mais correções de sistemas disponibilizadas no futuro.

Lançadas mensalmente pelo Google, as atualizações de segurança do Android são focadas em corrigir novos erros e brechas descobertas no sistema operacional. Ou seja, tratam-se de updates sem novas funcionalidades, mas que são considerados essenciais para manter os telefones dos usuários mais seguros. Em alguns casos, o pacote traz ainda correções das fabricantes.

O fim do suporte ao trio de smartphones foi descoberta na recente alteração da lista de aparelhos atualizados pela Samsung. Apesar da liberação mensal pelo Google, alguns dispositivos de entrada e intermediários recebem updates apenas a cada três meses. Na mudança, a sul-coreana incluiu ainda o Galaxy A8 (2018) entre os telefones atualizados mensalmente e o Galaxy A8+ (2018), Galaxy J2 (2018) e o Galaxy Tab Active2 no conjunto trimestral.

Embora o fim dos updates de segurança não represente um risco imediato para os usuários, é pouco recomendado comprar um telefone nesta situação. Afinal, os aparelhos podem ficar vulneráveis a novos ataques e brechas descobertas nos próximos meses, a menos que a fabricante mude de ideia e resolva atualizá-los. Na dúvida, confira sempre a lista antes de comprar um telefone da Samsung.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ