Sistema pode diminuir o tempo de espera em consultas médicas

A desenvolvedora CrossChx criou um sistema que pode tornar mais fácil o processo de consultas médicas e identificação de pacientes, eliminando a necessidade de documentos e carteiras de saúde que comprovem sua identidade. Com a novidade, basta que a pessoa encoste o indicador direito em um leitor de impressões digitais para que seu prontuário, com seu nome completo e informações médicas, seja exibido.



A empresa revela que nos Estados Unidos, 14% dos registros de identidade possuem erros graves, o que pode levar os pacientes a exames e tratamentos desnecessários ou mal escolhidos.
De acordo com Sean Lane, CEO da CrossChx, a ideia é que no futuro, cada pessoa possa ter uma cópia de seu prontuário médico armazenada em um app móvel, podendo transferir caso mude de plano médico, por exemplo.

Segurança
A CrossChx afirma que não armazena imagens das pontas dos dedos do paciente, apenas os códigos criptográficos gerados a partir deles, que não podem ser utilizadas para reconstruir única impressão digital de uma pessoa.

A empresa construiu uma espécie de loja de aplicativos, onde os provedores de saúde dos EUA conseguem comprar o software, em uma tentativa de diminuir o tempo de espera em um hospital ou consultório. A companhia ainda revela que eventualmente o app poderá permitir que os pacientes controlem o acesso aos seus próprios registros médicos.

Via TechnologyReview

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ