Spotify pode estar desenvolvendo seu próprio hardware para ouvir músicas

O Spotify pode estar se preparando para ampliar o seu mercado para hardwares dedicados, como fones de ouvido, relógios e pulseiras fitness exclusivos do streaming de música.

De acordo com um anúncio de emprego, a empresa está procurando por um “Gerente de Produto Sênior” para trabalhar em um projeto que visa incluir a experiência do Spotify através de dispositivos de hardware totalmente conectados.

O anúncio cita produtos semelhantes, como o Pebble Watch, o Amazon Echo e o Spectacles (da Snap). A empresa também fala que está se concentrando em áreas como desktops, TVs, alto-falantes, carros, wearables, fones de ouvido e integrações com aplicativos de parceiros para tornar o Spotify disponível em qualquer lugar.

A ideia de um hardware dedicado ao Spotify faz muito sentido, tanto que o aplicativo já ganhou espaço em dispositivos de outras marcas. O Samsung Gear S3, por exemplo, tem um aplicativo do Spotify que transmite músicas e foi originalmente destinado a armazenar música localmente para reprodução offline.

Antes de a Pebble ser vendida para a Fitbit, a empresa também estava trabalhando em um dispositivo Android, habilitado para GPS, chamado Pebble Core. Seu grande recurso seria o suporte para Spotify, que também poderia reproduzir faixas armazenadas localmente para treinos.

Além disso, o Lifebeam Vi, um par de fones de ouvido com capacidade cardíaca, é capaz de se conectar com o Spotify para sincronizar listas de reprodução rápidas durante os treinos. De acordo com o CEO da Lifebeam, Omri Yoffe, o objetivo a longo prazo é que as faixas do Spotify consigam se alterar para corresponder à intensidade de seu treino.

[CNET e Zatz Not Funny]

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ