Stephen Hawking diz que humanidade vai destruir o mundo em até 10 mil anos

De acordo com Stephen Hawking, o progresso científico e tecnológico da humanidade vai criar "novas formas de as coisas darem errado". É o que disse o consagrado físico britânico em um congresso realizado esta semana pela BBC, no Reino Unido, onde ele afirmou que o ser humano será o causador de um grande desastre mundial no futuro.

"Apesar de a possibilidade de um desastre no planeta Terra em um determinado ano poder ser bem baixa, isto vai se acumulando com o tempo, e se transforma em quase uma certeza para os próximos mil ou dez mil anos", disse o físico à BBC. "Não vamos parar de progredir, ou reverter (o progresso), então temos que reconhecer o perigo e controlá-lo. Sou otimista e acredito que conseguiremos."

O cientista ainda afirmou que a humanidade deve finalmente conquistar a tecnologia necessária para explorar o universo em breve, e assim estabelecer bases em outros planetas potencialmente habitáveis. De acodo com ele, isso é o que salvará nossa espécie. "Até lá já deveremos ter nos espalhado pelo espaço e para outras estrelas, então um desastre na Terra não significaria o fim da raça humana".

Mesmo assim, para Hawking, não se pode abrir mão do planeta Terra por enquanto. "Não vamos conseguir estabelecer colônias autossustentáveis no espaço nos próximos séculos, então temos que ser muito cuidadosos neste período", acrescentou o cientista.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ