Steve Wozniak, cofundador da Apple, já foi vítima de golpe de bitcoin

O cofundador da Apple Steve Wozniak já foi vítima de um golpe de bitcoins. Em uma conferência na Índia, Woz contou uma história sobre a vez que acabou sendo prejudicado em um golpe relativamente comum envolvendo as criptomoedas.

"Eu tive sete bitcoins roubadas de mim através de fraude", contou Wozniak. "Alguém comprou de mim online com um cartão de crédito, e depois cancelou o pagamento no cartão de crédito. Foi fácil desse jeito! E foi com um número de cartão de crédito roubado, então eu nunca conseguiu recuperar", concluiu, de acordo com o site indiano The Economic Times.

Segundo o cofundador da Apple, o blockchain consegue identificar quem possui bitcoins, mas isso não significa que fraudes não possam ser cometidas. E foi desse jeito que ele acabou perdendo o equivalente a US$ 74 mil (cerca de R$ 240 mil) graças a um golpe.

Com uma fortuna estimada em US$ 100 milhões (cerca de R$ 320 milhões), Wozniak provavelmente não vai sentir muita falta do dinheiro perdido. Ele também disse ter abandonado quase que completamente as criptomoedas - hoje ele mantém apenas uma bitcoin, e diz não gostar de ter que ficar observando diariamente a cotação da moeda para saber quanto tem de dinheiro.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ