Supercomputador da IBM vai analisar selfies

Em um evento realizado em São Francisco, nos Estados Unidos, na última semana, a IBM revelou que o Watson, seu supercomputador, vai analisar fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais, com o objetivo de identificar o surgimento de tedências entre os usuários. 

A nova funcionalidade, batizada de Visual Insights, busca padrões nas postagens e os trasnforma em dados estruturados, que serão reunidos em um banco de dados e analisados. Entre os principais usos para a ferramenta está a possibilidade de aplicação da inteligência artificial no marketing. As informações obtidas pelo Watson poderiam, por exemplo, fornecer dados mais detalhados sobre perfis de consumidores e antecipar seus gostos, melhorando a publicidade segmentada.

Privacidade
Uma das grandes preocupações com a novidade é a invasão de privacidade. A menos que o usuário só publique informações protegidas, visíveis apenas aos seus amigos, ele pode acabar tendo seus dados extraídos e usados sem sua autorização para a venda de produtos.

Conversas
Outra ferramenta adicionada ao supercomputador é a Dialogue, que permite aos desenvolvedores criar conversas entre uma aplicação e o usuário, podendo ser utilizado para guiá-lo por um processo. No futuro, isso pode ajudar a acabar com o atendimento via telefone, o famoso telemarketing.

A IBM declarou ainda que melhorou as APIs 'Text to speech' e 'Speech to text', que ajudam a elaborar asisstentes como a Cortana e a Siri.

Via ITWorld

 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ