Suposto inventor do e-mail é derrotado na tentativa de comprovar sua criação

Há anos o indiano Shiva Ayyadurai alega ter inventado o e-mail em 1978, mas sua história é frequentemente contestada por veículos de mídia. Ele acaba de ter uma derrota na tentativa de se provar como pai do e-mail: um juiz de Massachussetts, nos EUA, negou uma ação de difamação movida por Ayyadurai contra o site Techdirt no começo do ano.

Em 2012, um artigo publicado pelo Techdirt contestou as afirmações de Ayyadurai de que ele teria sido o inventor do e-mail, dizendo que tudo o que ele fez foi escrever e registrar um programa chamado "EMAIL". Ele seria, portanto, o criador de um software usado para o sistema de correio eletrônico, e não o criador do correio eletrônico em si.

De acordo com a decisão judicial, é impossível definir precisamente o que é o e-mail e, portanto, a alegação de Ayyadurai de que ele é o pai da tecnologia não pode ser considerada verdadeira ou falsa. Por isso, o tribunal não aceitou o processo por difamação contra o Techdirt pelo artigo.

Ainda segundo a decisão, "uma pessoa pode considerar a alegação como 'falsa' se qualquer elemento dela não for verdadeiro ou envolver uma pequena distorção dos fatos, enquanto outra pode considerar uma alegação como 'falsa' apenas se nenhum elemento for verdadeiro".

Ao Ars Technica, o advogado de Ayyadurai afirmou que entrará com recurso contra a decisão.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ