Tatuagem adesiva

Tatuagem adesiva mede glicose no sangue

Caroline Rocha, editado por Stephanie Hering 15/01/2015 11h20
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nanoengenheiros da Universidade de San Diego, na Califórnia (EUA), desenvolveram uma tatuagem adesiva temporária capaz de sugar a glicose pela superfície da pele. Isso eliminaria a necessidade de utilizar agulhas durante o processo de medição de glicemia a que são expostos pacientes diabéticos.

O dispositivo é fino e flexível e foi baseado no projeto da Gluco Watch, uma pulseira que trabalhava no mesmo princípio de sucção e usava a corrente elétrica para atrair a glicose até a superfície a pele, mas foi descontinuada por conta de reclamações dos usuários por causar desconforto.

O adesivo, no entanto, utiliza uma corrente suave que detecta a glicose através de uma enzima que quebra o açúcar e o transforma em peróxido de oxigênio e hidrogênio, sendo a última substância um dos indicadores de níveis de glicemia no sangue.

Essa não é a primeira vez que cientistas pensam em um dispositivo permanente com sensor de glicose, mas a ideia diferencia-se em dois pontos: não envolve agulhas durante o processo de tatuagem e já foi testado em seres humanos. Em testes, o dispositivo foi capaz de medir os níveis de açúcar em voluntários saudáveis.

Quem se interessar pelo tema pode conferir o estudo completo aqui

Via Gizmodo

 

 

 

 

Medicina Tecnologia tecnologia vestível
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você