Tecnologia permite controlar barata viva pelo smartphone; confira

Um kit financiado pelo KickStarter promete ajudar o usuário a controlar pelo smartphone uma barata viva. O projeto, que recebeu o nome de Roboroach, traz um chip Bluetooth e um kit para realizar uma "cirurgia". O animal não está incluso nos US$ 99 cobrados.

Como funciona?
Segundo os desenvolvedores, os sensores que são "acoplados" ao animal se comunicam, por meio de pequenos pulsos elétricos, com os neurônios dos animais, que ficam na antena e são sensíveis ao cheiro e ao toque.

Reprodução

"Quando você envia o comando de seu smartphone, a 'mochila' envia impulsos à antena, fazendo com que a barata pense que há uma parede ao seu lado. Essa é a mesma tecnologia utilizada para tratar a doença de Parkinson e usada nos implantes cocleares", explicam os criadores da ideia.

Cirurgia
O procedimento cirúrgico deve ser realizado após uma anestesia, realizada ao colocar a barata rapidamente na água gelada. Segundo os desenvolvedores, isso congela o sistema nervoso e evita que ela sinta dor. Um pequeno fio se conecta às antenas e garante o funcionamento do projeto.
Os comandos para smartphone só funcionam por algum tempo, mas podem permitir ao usuário comandar a barata para ir para a frente, esquerda e direita.

Vai às compras na BlackFriday? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ