Tecnologia vestível: pesquisadores costuram circuitos de metal em tecido comum

Pesquisadores da Universidade de Ohio conseguiram implantar circuitos eletrônicos em tecidos, o que pode ajudar a popularizar no mercado a tecnologia - literalmente - vestível. "Pela primeira vez, conseguimos implantar com precisão as placas de circuitos impressos de metal. [...] Acreditamos que os tecidos funcionais são uma tecnologia capacitadora para a comunicação e até para aplicações médicas", explica John Volakis, um dos responsáveis pelo estudo.

O tecido é resultado de uma integração de fios de roupa com fios condutores e pode armazenar ou transmitir dados. Para os pesquisadores, no futuro será possível que as roupas funcionem como antenas para smartphones, monitores de saúde e monitores de atividade cerebral.

Em testes, a alternativa se mostrou leve, já que os circuitos possuem a mesma espessura e peso de um fio de costura. Uma antena de tecido de 12 cm de largura, por exemplo, foi capaz de captar transmissões de 1 a 5 GHz. 

De acordo com o estudo, a forma do bordado determina a frequência de funcionamento da antena. O tecido, mesmo que conte com componentes eletrônicos, tem a consistência de uma roupa comum, sem arranhar o corpo ou ser pesado.

Via TechCrunch 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ