Testamos: Sony Xperia XZ Premium impressiona com tela 4K e câmera lenta

O Xperia XZ Premium chega às lojas brasileiras no dia 12 de julho, mas o Olhar Digital já teve a oportunidade de testá-lo rapidamente. O novo smartphone da Sony se destaca pela sua tela 4K, o processador Snapdragon 835 e a câmera que filma em 960 quadros por segundo.

O design dele segue o padrão que a Sony mantém há alguns anos. O corpo é retangular com as bordas laterais levemente arredondadas, sendo todo revestido em vidro, além de aço inoxidável que, segundo a Sony, garante mais resistência a quedas.

Reprodução

O display de 5,5 polegadas tem resolução 4K, e, apesar do tamanho, é impressionante. A verdade é que, mesmo colocando lado a lado com uma tela 2K, a diferença de resolução não é tão facilmente perceptível no XZ Premium, mas ainda assim ele tem um dos displays mais incríveis do mercado na atualidade. A Sony é conhecida por suas telas de excelente qualidade e o XZ Premium não foge à regra.

A Sony manteve as suas modificações no Android que, apesar de ser o Nougat 7.1.1, lembra em alguns aspectos versões mais antigas do Android, como na bandeja de notificações, por exemplo. Além disso, ele vem lotado de apps pré-instalados: Facebook, Spotify, o pacote Google, alguns apps da Amazon, além de apps da própria Sony.

Isso faz com que alguns apps sejam repetidos: para música, por exemplo, são três opções: o Google Play Música, o Spotify e o Música da própria Sony. E nenhum deles pode ser desinstalado, apenas desativado.

Reprodução

No entanto, mesmo a quantidade um pouco exagerada de apps não prejudica no desempenho, e o Snapdragon 835 - até o momento, o único do Brasil - garante bastante potência e velocidade. Apesar de alguns escorregões no lado do software, o hardware do Xperia XZ se mostra bastante competente, a altura do nome "Premium" que o smartphone carrega.

Reprodução

Com sensor traseiro de 19 megapixels e abertura de lente f/2.0, a câmera do Xperia XZ Premium se destaca. A Sony promete boa qualidade de imagem mesmo em condições precárias de luz, mas o recurso mais promovido pela empresa é a gravação em slow motion com a capacidade de registrar até 960 quadros por segundo.

Durante a apresentação feita em São Paulo, pudemos registrar malabarismos em câmera lenta, e o resultado é bastante impressionante.

 

O XZ Premium vai custar R$ 3.999 quando for lançado, que é o mesmo preço do Samsung Galaxy S8 e do LG G6. Faremos um teste mais aprofundado nos próximos dias para saber se ele está de acordo com as exigências de quem paga tanto por um celular, mas as primeiras impressões indicam que sim, este é, de fato, um smartphone premium.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ