Twitter bloqueia conta de Raúl Castro e da mídia estatal cubana

Além do líder do Partido Comunista Cubano, a rede social também bloqueou a conta de sua filha Mariela Castro e dos meios de comunicação estatais do país

Fabrício Filho, editado por Liliane Nakagawa 12/09/2019 18h09
Conta do Twitter de Raul Castro é bloqueada
A A A

Raúl Castro, líder do Partido Comunista Cubano, teve sua conta do twitter bloqueada nesta quarta-feira (12). Além dele e da filha Mariela, os principais meios de comunicação estatais de Cuba também foram alvo do bloqueio, um movimento que a União Cubana de Jornalistas denunciou como "censura maciça". 


Após críticas de jornalistas cubanos, a conta oficial do Twitter se manifestou e dizendo que as políticas de manipulação de plataformas da empresa proíbem os usuários de ampliar ou interromper artificialmente as conversas usando várias contas.

A suspensão ocorreu quando o presidente Miguel Díaz-Canel falava ao país através da TV estatal, alertando para uma crise de energia devido a sanções dos EUA. "O que há de novo aqui é o escopo maciço desse ato de guerra cibernética, claramente planejado, que visa limitar a liberdade de expressão de instituições e cidadãos cubanos e silenciar os líderes da revolução", afirmou. 

Vale lembrar que Cuba é um Estado de um único partido, que detém o monopólio dos espaços públicos e da mídia do país. Embora os principais meios de comunicação da ilha possuam contas diferentes, eles geralmente divulgam notícias semelhantes, se não idênticas. O jornalismo independente em Cuba é tolerado, porém não é legal, e os vários sites de veículos de comunicação opositores ao governo são proibidos no país.

Alguns jornalistas cubanos independentes censuraram as autoridades por reclamarem de censura quando eles a praticaram em outros momentos. "A imprensa oficial cubana descobre 'liberdade de expressão' graças ao Twitter", escreveu 14ymedio, o canal de notícias digital administrado pela jornalista Yoani Sanchez. "Os censuradores são censurados!", disse Coco Fusco, artista cubano-americano. 

As autoridades cubanas haviam criado suas contas no Twitter ano passado, após o presidente Miguel Díaz-Canel criar uma conta na plataforma para se conectar ao povo. 

Via: Reuters 

Mídia Twitter Mídias sociais bloqueio Cuba liberdade de expressão
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você