Uber chega a 500 mil usuários no Brasil

O Uber informou nesta terça-feira, 8, que já foi utilizado por 500 mil pessoas no Brasil. Lançado em maio de 2014 no país, o aplicativo para transporte alternativo levou menos de um ano e meio para alcançar a marca.

Apenas quatro cidades brasileiras contam com o serviço: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte - em todas elas, o aplicativo é considerado clandestino e irrita os taxistas, que o veem como concorrente.

Regulamentação

Após uma série de ataques e ameaças aos motoristas da Uber, a presidente Dilma Roussef defendeu recentemente a regulamentação do serviço. "Eu acho que o Uber é complexo porque tira emprego de muitas pessoas. Não é uma coisa tranquila", declarou.

Apesar da afirmação, Dilma reconheceu que os avanços tecnológicos costumam tornar profissões obsoletas há bastante tempo, citando o seu avô, que produzia selas para cavalos. "Você imagina o que aconteceu com emprego dele quando apareceram os carros. A vida é assim".

Novos termos

Nesta terça-feira, 8, a Uber atualizou sua política no Brasil, com mudanças em várias áreas. Uma das principais se refere às reclamações dos usuários, que passam a contar com um departamento específico.

A política de reembolso também foi alterada, sendo que agora os usuários poderão ter seu dinheiro de volta caso a empresa concorde com a reivindicação. Por outro lado, se o usuário causar algum prejuízo ao automóvel, o Uber poderá cobrar pelo reparo ou limpeza.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ