Uber cobra US$ 14 mil de corrida que deveria custar US$ 20

O Uber se envolveu em mais um problema. O serviço de motorista cobrou, acidentalmente, de um usuário de Toronto mais US$ 14 mil (18 mil dólares canadenses) em uma corrida que deveria custar menos de US$ 20, conforme relata o Business Insider.

A notícia foi relatada pela primeira vez por uma amiga do cliente, através do Twitter, que afirmou que o aplicativo, inicialmente, se recusou a alterar a cobrança pela corrida. Um porta-voz da empresa informou que o reembolso já foi realizado e que a equipe está trabalhando para entender o que houve de errado.

Esta não é a primeira vez que o Uber realiza cobranças bem além do esperado. Em 2016, um usuário nos Estados Unidos foi cobrado em quase US$ 30 mil em uma corrida por causa de um problema no computador e, em 2015, uma cliente, também nos Estados Unidos, foi cobra em US$ 12 mil por uma corrida de US$ 56,40. 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ