Uber não desistiu de carros autônomos, garante CEO

No mês passado, um carro autônomo da Uber atropelou e matou uma mulher nos Estados Unidos, interrompendo imediatamente os testes da empresa com veículos autônomos. Mas isso não significa que a Uber mudou de ideia em relação ao futuro dos carros que andam sozinhos, e o CEO da empresa garante que continua acreditando no futuro deles.

Dara Khosrowshahi garantiu a continuidade do desenvolvimento de veículos autônomos por parte da Uber, de acordo com a Reuters. Em um fórum sobre transportes realizado nos Estados Unidos, o executivo disse que os carros autônomos fazem parte da solução para a eliminação dos carros individuais proprietários, e quando a tecnologia atingir a maturidade, eles serão bastante seguros.

Ele não deu uma previsão de quando os testes serão retomados, e também não disse o que pode ter dado errado no acidente que causou a morte de uma mulher de 49 anos. O executivo garantiu que a empresa segue colaborando com autoridades para entender o que aconteceu no dia em que um veículo autônomo da Uber atropelou a mulher.

Khosrowshahi também negou que investimentos feitos pela empresa em compartilhamento de bicicletas, por exemplo, signifiquem uma mudança no foco da companhia, que não vai deixar de apostar nos carros autônomos por causa do acidente.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ