Uber terá de indenizar 47.000 clientes por cobrar taxa sobre gorjetas

A Uber terá de indenizar 47 mil usuários nos Estados Unidos que se sentiram enganados pelo fato de a empresa cobrar compulsoriamente uma taxa para gorjetas que não era repassada integralmente aos motoristas.

Durante um ano, a empresa informou em seu site e por canais de marketing que era feito um acréscimo de 20% ao valor de cada corrida em função das gorjetas. Faltou dizer, entretanto, que a Uber ficava com algo entre 40% e 50% desse dinheiro.

Nesse período, a empresa coletou cerca de US$ 860 mil apenas com esse artifício, mas o valor da indenização ficou em US$ 384 mil.

Segundo informa a Bloomberg, foi a própria acusação que pediu ao juiz Edward Chen, que cuidava do caso, para que um acordo fosse aceito. Isso porque o montante a ser pago pela Uber representa “essencialmente um reembolso integral da quantia em questão nesta ação”.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ