Um ano após ser lançado, YouTube Red tem baixa adesão

Lançado há um ano como um possível competidor de serviços como a Netflix e o Hulu, o YouTube Red possui apenas 1,5 milhão de assinantes, de acordo com fontes internas. Mais 1 milhão de pessoas se inscreveu para experimentar o serviço de graça.

Por enquanto, o serviço está disponível apenas em quatro países: Estados Unidos, México, Austrália e Nova Zelândia. O restante dos usuários mensais do YouTube ainda não tem a chance de contratar o serviço, o que indica que o número de assinantes ainda possa crescer. De acordo com analistas, outro ponto positivo para o Google é que o YouTube Red tem taxas de crescimento maiores do que as de concorrentes como o CBS All Access e o Sling TV.

Apesar disso, o número de usuários do serviço é menor do que o do Tidal, apontado por analistas como um dos fracassos do mercado de streaming.

Em um comunicado, o YouTube afirmou que não está decepcionado com o crescimento de seu serviço pago. "Estamos satisfeitos com o YouTube Red e vemos um crescimento saudável de membros a cada vez. Percebemos um forte envolvimento do serviço nos quatro países que foram lançados, o que nos leva a investir em mais séries originais e filmes para 2017".

Via TheVerge

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ