Veja as primeiras imagens da viagem de James Cameron ao centro da Terra

'Minha sensação era de estar completamente isolado do resto da humanidade', declarou o diretor canadense

Caio Carvalho, editado por Igor Lopes 30/03/2012 16h56
James Cameron - Deepsea Challenge
A A A

A expedição 'Deepsea Challenge", promovida pela National Geographic Society, foi um sucesso, já que o diretor de cinema e explorador James Cameron, protagonista do projeto, conseguiu descer ao ponto mais profundo da Terra e voltar ileso da aventura. O canadense foi o primeiro ser humano a visitar o ponto mais profundo do oceano em mais de 50 anos.

Responsável por sucessos das telonas como "Titanic" e "Avatar", Cameron iniciou no último domingo (25/03) a missão submarina mais arriscada já feita pelo homem a bordo de um submersível, que foi projetado pelo próprio diretor canadense: um "torpedo vertical" de oito metros, que pesa 12 toneladas. As Fossas Marianas, que se situam no oeste do Oceano Pacífico, ao leste das Filipinas, foram o destino do cineasta. O local possui cerca de 2.250 km de extensão no leito marinho e, segundo a instituição científica, é o lugar mais hostil do planeta.

A ideia inicial era descer a 11 km de profundidade e ficar seis horas no leito submarino, mas Cameron ficou apenas três devido a um vazamento no submersível que o obrigou a voltar para a superfície. Durante um treinamento que antecedeu a missão, o diretor fez 12 mergulhos ao fundo do mar, incluindo alguns para filmar o "Titanic".

James Cameron levou consigo câmeras de alta definição tridimensionais e uma estrutura de 2,4 metros de lâmpadas LED para filmar um documentário 3D de sua jornada, além de coletar amostras da natureza local. Após retornar da viagem, o diretor disse que o lugar se parece com a superfície da lua e "é um mundo completamente estranho, mas há vida mesmo lá embaixo". No entanto, não encontrou vestígios de outros seres ou espécies, mas não ficou decepcionado, já que o objetivo da missão era apenas explorar e coletar dados que possam ajudar os cientistas a compreender melhor a parte inexplorada da Terra.

"A parte mais impressionante foi o sentimento de solidão e encantamento. Minha sensação era de estar completamente isolado do resto da humanidade", declarou o diretor. Cameron acredita que ainda vai encontrar muitas surpresas nas várias outras aventuras que pretende fazer com o "Deepsea Challenge".

No vídeo abaixo, é possível ter uma noção de como são as Fossas Marianas no fundo do Oceano Pacífico. Para muitas pessoas, a sensação de claustrofobia deve ser desesperadora, mas não há como negar que uma viagem ao centro da Terra pode ser comparada a uma expedição para o espaço sideral:

 

Filmes 3D Curiosidades
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você