Vem aí o 'celular blockchain'

A Foxconn, parceria da Apple e outras fabricantes para a produção de smartphones, vai montar o primeiro celular blockchain do mundo em parceria com a Sirin Labs, empresa especializada em segurança.

O aparelho vai se chamar Finney e foi projetado para armazenar moedas virtuais como bitcoin em segurança, assim como serviços relacionados a criptomoedas. Com uma carteria digital integrada, ele quer incentivar as pessoas a usarem bitcoins no dia a dia.

Especificações técnicas do aparelho ainda não foram divulgadas, mas a expectativa é que ele seja lançado em outubro.

O aparelho já está em pré-venda e não será nada barato: o preço oficial é US$ 999, mas ele está em promoção com 10% de desconto, sendo vendido por US$ 899. É possível ainda comprar o dispositivo por 50 SRN - uma moeda virtual criada pela Sirin Labs.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ