Vendido por US$ 749, iPhone 6s Plus custa US$ 236 para ser produzido

Vendido por US$ 749 nos Estados Unidos, o iPhone 6s Plus tem um custo de produção estimado em US$ 236 - cerca de 1/3 do valor cobrado dos consumidores.

A matemática foi feita pelo pessoal da IHS sem levar em conta coisas como pesquisa, transporte e marketing. A consultoria se atentou aos componentes, parte mais cara e mais importante do processo.

A IHS não analisou o iPhone 6s, que custa cem dólares a menos que o Plus, mas estima que os materiais do smartphone totalizam US$ 211,50 - apenas vinte dólares a menos que o phablet.

Algumas conclusões do levantamento ressaltadas pelo Re/code são curiosas. Por exemplo: a Apple paga cerca de US$ 0,35 a cada gigabyte, então a diferença de um aparelho com 16 GB para o de 64 GB é de US$ 17; entretanto, no varejo há um abismo de US$ 100 entre as duas versões.

As telas responsáveis pelo 3D Touch custam US$ 52,50, enquanto o processador A9 sai por US$ 22.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ