Huawei P30 Pro

Você deveria esperar para comprar um Huawei P30 Pro no Brasil?

Camila Rinaldi 20/05/2019 15h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Suspensão do licenciamento do Android para os smartphones da Huawei acende uma luz vermelha sobre o futuro dos novos P30 Pro e P30 Lite no Brasil

Se até o final da semana passada tínhamos o benefício de contar com mais uma grande jogadora no mercado de smartphones brasileiro, essa vantagem caiu por terra na noite deste domingo (19). Isso porque a Huawei entrou para a lista negra de comércio dos Estados Unidos, fazendo com que as empresas norte-americanas não possam vender tecnologias à fabricante chinesa sem a aprovação do governo. Com isso, o Google foi obrigado a cortar a licença do Android para os celulares da marca. E é neste cenário de incertezas que a marca retorna ao varejo nacional com o P30 Pro e o P30 Lite. Levando isso em consideração, seria prudente comprar um dos novos modelos da empresa neste momento?


Ainda na noite de ontem, um porta-voz do Google afirmou que a empresa está “cumprindo a ordem e analisando as implicações". Logo, mesmo tendo suspendido imediatamente o licenciamento da plataforma Android para os smartphones da Huawei, os executivos da Google estão avaliando todas as possibilidades no que toca à colaboração com uma das suas maiores parceiras. No início deste ano, a Huawei apresentou excelente resultado financeiro, ultrapassando a Apple e se consolidando como a segunda maior fabricantes de smartphones do mundo.

Com esse bloqueio do governo dos EUA, a Huawei está em maus lençóis, pois será obrigada a repensar o software de todos os seus smartphones e tablets, que até então rodam com o Android. A partir deste momento, oficialmente, o Google já não repassa as novas versões do seu sistema operacional para a Huawei, porém, conforme declarado pela própria fabricante, as “atualizações de segurança e os serviços de pós-venda continuarão sendo fornecidos para todos os produtos Huawei, cobrindo todos aqueles que já foram vendidos ou ainda estão em estoque”.

Logo, todas aquelas pessoas que já possuem um dispositivo da Huawei rodando com Android e que ainda tenham suporte para as atualizações do sistema, tais como os updates de segurança mensais, irão contar com um software seguro. Porém, até segunda ordem, já não contarão mais com as novas versões do sistema operacional. Isso significa que, caso você tenha adquirido um P30 Pro ou um P30 Lite, os updates mensais para correção de erros e brechas do sistema continuarão, contudo, você não contará com a atualização do sistema operacional para Android 10 Q e superiores.

Outro cenário possível, é a Huawei trazer ao mercado um software para smartphones alternativo, para competir com o Android e o iOS, por exemplo. Neste caso, o seu P30 Pro e P30 Lite poderiam vir a receber uma atualização Over-The-Air (OTA), na qual todo o sistema operacional seria substituído. Logo que começou a crise entre o governo dos EUA e a fabricante chinesa, essa possibilidade já vinha sendo cogitada.

Os rumores de que a Huawei estaria desenvolvendo um sistema operacional próprio para smartphones foram confirmados pelo CEO da empresa, Richard Yu. Em entrevista ao jornal alemão Die Welt, Yu afirmou que a Huawei já prepara o próprio sistema operacional multiplataforma, ou seja, tanto para smartphones quanto para computadores. O motivo disso, preparar a empresa para eventuais problemas comerciais com os EUA e outros países. Chamado de “Plano B”, essa estratégia parece ter sido acertada, como podemos ver agora.

Logo, existem duas possibilidades para os fãs da marca que estão pensando em investir em um dos dois modelos comercializados no país. Uma delas é adquirir o aparelho e ter que permanecer com a mesma versão do Android pelo tempo em que utilizar o celular, mas contando com os updates de segurança e para correções de erros; ou assumir o risco de ter o software substituído por completo, e ter que lidar com uma experiência diferente daquela conhecida com o Android, porém, recebendo novas funcionalidades conforme o sistema operacional evolui.

Mas é claro que sempre haverá a terceira opção: ter cautela e não comprar um dispositivo da Huawei enquanto esta crise não se definir. Não podemos deixar de lado a possibilidade de que essa suspensão do licenciamento do Android, realizada no último domingo pelo Google, pode ser apenas mais uma estratégia da equipe do presidente Donald Trump para pressionar a Huawei e fazê-la rever a comercialização dos seus instrumentos de suporte às redes 5G, tão criticadas por Trump nos últimos meses. Levando em consideração que a divisão de smartphones da gigante chinesa é de extremo valor para a empresa, esse boicote dos EUA pode vir a terminar caso a Huawei esteja disposta a ceder.

Por fim, conforme já foi declarado pelo Google, os proprietários dos smartphones da Huawei, bem como da subsidiária Honor, continuarão tendo acesso à Google Play Store e, com isso, manterão os aplicativos instalados no celular atualizados. No entanto, não podemos afirmar até quando haverá essa cobertura.

Para o professor e pesquisador de Comunicação Digital da PUCRS, Eduardo Pellanda, as consequências desta crise entre os EUA e a China será sentida tanto pela Huawei quanto pelo Google: “Essa guerra comercial ainda vai ter muitos desdobramentos. Me parece que em um primeiro momento a empresa chinesa sai perdendo, mas a longo prazo o Google perde presença na China. É realmente uma queda de braço. Se a situação continuar assim, os fabricantes chineses vão ter que criar novos aplicativos e uma App Store em cima do Android, já que o sistema é de código aberto, mas os aplicativos do Google não.”

O Huawei P30 Pro e o Huawei P30 Lite estão disponíveis para a compra no varejo nacional desde a última sexta-feira (19). Custando R$ 5.500 e R$ 2.500, respectivamente, os aparelhos marcam a segunta tentativa da fabricante chinesa de entrar no mercado brasileiro de smartphones.

Agora queremos saber a sua opinião: você compraria um P30 Pro ou P30 Lite neste momento? Por quê?


Google Android xiaomi Android Q P30 Pro
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você