Web registra deflação de 2,01% em março

O setor de viagem e turismo foi o que apresentou maior queda

Mais deflação para o comércio eletrônico. Em março, o preço dos produtos vendidos pela internet sofreu nova queda de 2,01%, segundo o índice e-flation, indicador desenvolvido pelo Programa de Administração do Varejo (Provar), da Fundação Instituto de Administração (FIA), em parceria com a Canal Varejo. Em relação ao mês de fevereiro, a categoria "Viagem e Turismo" foi a que apresentou maior queda, com 8,53%, acompanhando a movimentação negativa do último período, motivada principalmente pelo período pós-ferias. As outras que estão em queda são "Telefonia" (3,51%), "Eletroeletrônicos" (3,38%) e "CDs e DVDs" (2,01%). Porém, observa-se inflação de 9,12% na categoria "Livros", seguida pela "Perfumaria", com inflação de 6,63% e "Brinquedos" com inflação de 1,91%. Na seqüência, estão "Produtos para Casa", "Informática" e "Linha Branca", que registraram inflação de 0,80%, 0,31% e 0,05% respectivamente. Já a cesta composta apenas por "Automóveis" apresentou deflação de 0,09% para o mês.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ