Wikipédia bane criminosos que extorquiam usuários e faziam propaganda no fórum

Mais de 380 editores da Wikipédia foram banidos por criarem e editarem artigos promocionais de empresas e produtos e extorquir usuários. A fraude foi descoberta pela administradora do fórum em contas ativas entre abril e agosto de 2015.

A operação, batizada de "Orangemoody", descobriu que, além de serem pagos para criar páginais de propaganda, os criminosos extorquiam usuários. O processo funcionava da seguinte maneira: depois de criar um rascunho de artigo, negado pela comunidade por não apresentar informações suficientes ou conteúdo promocional, um outro autor corrigia o texto, para que ele fosse publicado corretamente. Enquanto isso, os criminosos, se identificando como membros da Wikipédia, cobravam dos autores, interessados no tema ou citados no artigo, uma taxa para que ele fosse publicado. 

Depois de receber o dinheiro, outros editores que participavam do esquema liberavam a publicação. Mais tarde, os criminosos chegavam a cobrar uma taxa mensal de US$ 30 como garantia de que o artigo não saísse do ar ou fosse editado erroneamente.

Com a descoberta, o fórum baniu os usuários e os artigos por eles criados.

Via Wired

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ