Xiaomi apresenta smartphone que tem 2 câmeras traseiras

A Xiaomi tem um novo smartphone intermediário de respeito. Nesta quarta-feira, 27, a companhia chinesa apresentou o Redmi Pro, um smartphone com duas câmeras traseiras que custa a partir de 1.499 yuan (cerca de R$ 737, em conversão direta).

As duas câmeras ficam posicionadas na vertical, sendo que a de cima, da Sony, faz capturas a 13 MP, e a outra, da Samsung, fica nos 5 MP. A ideia é que a primeira lente fotografe imagens estáticas, enquanto a segunda cuide das informações em profundidade. A companhia afirma que a configuração equipara o foco dinâmico ao de uma câmera DSLR.

O aparelho conta com tela OLED de 5,5 polegadas, leitor biométrico, três opções de processador — o mais potente é o Helio X25, que tem 10 núcleos e 2,5 GHz. São 4 GB de RAM e 128 GB para armazenamento, a bateria é de 4050 mAh e há entrada para USB-C.

Feito em corpo de alumínio, o Redmi Pro será vendido em três opções de configuração — a que custa o equivalente a R$ 737 é a mais modesta, com processador Helio X20, 3 GB de RAM e 32 GB para armazenamento. Outro modelo, com Helio X25, 3 GB e 64 GB, custa 1.699 yuan (R$ 835), enquanto o mais potente (Helio X25, 4 GB e 128 GB) sairá por 1.999 yuan (R$ 983).

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ