YouTube cobra anunciantes até pelas propagandas assistidas por robôs

O YouTube tem um bom sistema para identificar quando robôs estão assistindo a um mesmo vídeo repetidamente, mas isso não significa que o site deixa de cobrar dos anunciantes por essas visualizações, quando há publicidade nos vídeos.

Foi o que concluiu um grupo de pesquisadores europeus ouvido pelo Financial Times. Eles subiram vídeos na plataforma e depois compraram publicidade para esses vídeos; então colocaram um monte de robôs para assistir àquilo repetidamente.

Os robôs viram os vídeos 150 vezes, mas o contador público do YouTube só mostrava 25 visualizações. Entretanto, o Google Adwords cobrou os pesquisadores por 91 visualizações - ou seja, o Google está usando uma fraude aplicada pelo publicador para cobrar injustamente do anunciante.

O Business Insider questionou a companhia a respeito do assunto e eles responderam que entraram em contato com os pesquisadores para entender melhor o que está acontecendo.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ