YouTube começa a liberar PiP para usuários do serviço grátis

Desde o ano passado, o Android tem suporte nativo a picture-in-picture, permitindo assistir a vídeos em uma janelinha enquanto navega por outras partes do sistema. Você, no entanto, não saberia disso usando o YouTube, que restringiu a funcionalidade apenas aos assinantes do finado YouTube Red, que agora virou Premium. Agora o aplicativo finalmente começou a habilitar o recurso para quem usa o serviço gratuitamente.

Por enquanto, no entanto, o recurso começou a ser distribuído apenas para usuários dos Estados Unidos, mas não seria surpresa se em breve ele começasse a ser expandido para outras regiões.

O motivo pelo qual o Google restringe a funcionalidade tem a ver com direitos autorais, especialmente quando o assunto é música. A empresa nunca quis liberar a execução de vídeos com a tela desligada para impedir que o serviço fosse usado como um Spotify grátis.

Com a nova função picture-in-picture para usuários do serviço grátis, o YouTube parece ter encontrado um meio termo interessante. Os criadores dos vídeos têm a opção de permitir ou não se querem que seus vídeos sejam acessíveis no modo PiP; pelo que se tem visto até o momento, a maioria dos vídeos musicais vetam esse tipo de utilização.

Os americanos que já têm acesso ao recurso precisam habilitá-los nas configurações do aplicativo, mas o aparecimento desta opção não depende de uma atualização do app, sendo disponibilizada por meio de uma alteração nos servidores do YouTube.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ