YouTube vai usar redes neurais para escolher miniaturas de vídeos

O Google anunciou nesta terça-feira, 13, que está aprimorando a ferramenta que gera miniaturas dos vídeos do YouTube. A empresa vai passar a usar as redes neurais artificiais para definir quais os melhores quadros dos vídeos, sugerindo-os para atrair visualizações.

Enquanto o vídeo está sendo carregado, o site processa individualmente cada um dos quadros, tentando encontrar boas opções para miniaturas. O Google então oferece aleatoriamente duas opções, ou a possibilidade de carregar uma nova imagem.

Com a finalidade de aprimorar o algoritmo que realiza essa tarefa, o Google "ensinou" o sistema, oferecendo uma série exemplos bons e ruins, como cenas desfocadas. Segundo a empresa, o novo modelo resolve o problema de 'classificação binária', classificando automaticamente um quadro como de alta qualidade ou não.

Na prática, isso significa que a possibilidade de o sistema oferecer quadros embaçados ou ruins é reduzida. Em testes, as opções exibidas pela nova ferramenta foram escolhidas por 65% dos usuários.
Confira os exemplos:

Reprodução
Via Google

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ