Olhar Digital Pro

Intel

Intel muda de lado e se declara a favor da mobilidade

Stephanie Kohn 30/07/2013 16h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Stacy Smith, diretor financeiro da Intel, fabricante de processadores que rodam em 80% dos computadores pessoais do mundo, afirmou em entrevista à Bloomberg que o crescimento da empresa depende da venda de chips para dispositivos móveis.

A empresa, que declarou diversas vezes que os tablets seriam complementares ao PC e não os substituiriam, agora quer que a mobilidade ganhe força, e domine o mercado.

O motivo é simples, segundo especialistas. A companhia californiana possui atualmente uma linha de chips que rodam em tablets, smartphones e laptops que se transformam em dispositivos móveis. Este novo segmento está oferecendo à empresa a oportunidade de compensar a baixa demanda por computadores. 

A venda global de PCs caiu 11% em um ano. A comercialização global despencou de 85,3 milhões em 2012 para 76 milhões no segundo trimestre de 2013. Este foi o quinto período consecutivo de baixas e o pior da história do segmento, de acordo com o Gartner. 

O computador pessoal perdeu espaço em todos em continentes, com destaque para a Ásia, Europa e África. E a culpa, como esperado, é dos tablets.  As cinco maiores fabricantes venderam menos em comparação ao ano passado.

A chinesa Lenovo segue na liderança com 12,6 milhões de PCs comercializados no segundo trimestre, seguida de perto pela HP, com 12,4 milhões. Dell (8,9 milhões), Acer Group (6,3 milhões) e ASUS (4,5 milhões) acompanham os líderes, que se baseiam nos produtos Intel.

Intel Tablet Mobilidade TABLETS mobile
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você