Bancos brasileiros se preparam para 'morte' do Windows XP

Fim do suporte ao sistema operacional obriga instituições a atualizar caixas eletrônicos

Embora a Microsoft tenha dado uma sobrevida ao Windows XP, ele ainda está com os dias contados, o que significa que várias empresas precisarão se atualizar em breve por ter o software sob suas plataformas de atendimento - incluindo aeroportos, supermercados, circuitos televisivos e bancos, que usam sistemas operacionais nos caixas eletrônicos (formalmente conhecidos como ATMs).

No Brasil, como ocorre no mundo todo, parte dos bancos escolheu o Windows para rodar em seus ATMs. Por aqui instituições privadas como Bradesco, Santander, Itaú e HSBC têm o Windows nos caixas, enquanto as públicas (Banco do Brasil e Caixa) preferiram o Linux, de código aberto. Pelo menos três deles contam com a tecnologia do XP nos caixas: Bradesco, Santander e Itaú (embora este último tenha o sistema em apenas algumas unidades).

Ao Olhar Digital, o Bradesco comentou que mesmo sabendo que a Microsoft estendeu o suporte até 2015, o XP ainda será deixado de lado em um prazo relativamente curto. "Pensando nisso, o Bradesco se antecipou e já está em processo de implantação do Windows 7 nas máquinas."

O Santander disse que pretende atualizar o sistema, sem dar uma data específica, e o Itaú preferiu não falar sobre o assunto. O HSBC ainda não informou qual versão do Windows está instalada em seus ATMs. O fato é que todas com XP terão de mudar ao longo deste ano.

*Se houver retorno de mais bancos, o texto será atualizado.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ