PM é chamada durante manifestação da greve de TI em SP

Leonardo Pereira 21/02/2014 11h59
Carteira de trabalho
A A A

Em pelo menos uma empresa onde ocorreu manifestação grevista do setor de TI a polícia teve de ser chamada para acalmar os ânimos.

O Sindpd (Sindicado dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo) divulgou que a Sonda IT impediu a entidade de conversar com seus funcionários e, por isso, a PM foi acionada (veja aqui). O Olhar Digital procurou a empresa, que negou as afirmações.

Segundo Robson Gil Oliveira Cabral, gerente de relações trabalhistas da Sonda IT, o que ocorreu foi o contrário. Manifestantes teriam impedido a entrada de um trabalhador que chegou de carro; quando Gil conversava com eles, foi insultado por uma pessoa e resolveu chamar a polícia. "Conheço muitas pessoas do sindicato, mas aquela eu nunca vi", declarou ele.

Por volta das 9h, quando o sindicato deixou o local, foi feita uma checagem e se descobriu que nenhum funcionário deixou o posto de trabalho. "Não houve adesão", afirmou Cabral. O sindicato disse que os ônibus que levam os trabalhadores até a Sonda IT chegaram vazios, mas o gerente disse à reportagem que aquela é a quantidade normal de pessoas, os veículos não costumam chegar cheios.
TI Brasil
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você