programação

TI: 80% querem se demitir por causa do estresse

Redação Olhar Digital 05/05/2014 15h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pesquisa realizada nos Estados Unidos pela empresa GFI Software aponta que 79% dos administradores de TI pensam em deixar seus empregos por causa do alto nível de estresse a que são submetidos. No ano passado, o número de trabalhadores estressados e descontentes com a área representava 53%.

Segundo o levantamento, 38% dos entrevistados declaram ter perdido funções sociais devido a problemas no trabalho; 35% deles reclamam não ter tempo para dedicar às suas famílias - mesmo durante o período de descanso; e 25% dizem ter tido a vida amorosa comprometida por causa da invasão profissional.

“A área de TI é conhecida como uma das mais estressantes para se trabalhar, agora mais ainda já que o papel que ela desempenha no mundo é fundamental”, explica Sergio Galindo, gerente geral de infraestrutura de negócios da GFI Software.  

A alta no descontentamento é explicada pela rotina de trabalho. O relatório apurou que 23% dos entrevistados fazem até 12 horas extras por semana. Em decorrência disso, declaram sofrer doenças psicológicas relacionadas ao estresse e se encontram em más condições físicas geradas pelas exigências corporativas.

De acordo com o analista que conduziu a pesquisa, para melhorar as condições de trabalho as empresas precisam fornecer orçamentos realistas, com a estimativa correta de pessoas que deverão trabalhar nos projetos - e promover mudanças a fim de automatizar as atividades.

Via eSecurity Planet

TI
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você